APPs que melhoram sua vida

 A lista de aplicativos para monitorar a saúde aumenta a cada dia: calculam calorias ingeridas e o nível de glicose no sangue, avisam que é preciso tomar água… Saiba como tirar proveito dessa tecnologia

De manhã, ao mesmo tempo que você senta ao volante de seu carro e acessa o aplicativo do celular que indica o melhor caminho para desviar do trânsito, surge na tela um aviso para tomar mais um copo de água. Ao chegar à sua mesa de trabalho, você acrescenta no app contador de calorias o que comeu no café da manhã e aproveita para dar uma olhada na previsão do tempo. Essa tecnologia dos dispositivos móveis já se tornou “companhia” inseparável de muita gente, justamente por facilitar a rotina e ajudar a melhorar a saúde.

Uma busca rápida na App Store, a loja da Apple, na categoria Saúde e Fitness, resulta em 60 aplicativos em destaque. A Google Play Store, que disponibiliza aplicativos no sistema Android, não fica atrás. Na categoria Saúde e Condicionamento Físico, são, aproximadamente, 120 apps apenas entre os gratuitos.

siteOH__0001s_0001_techmed - interna2 - branco

“Com bom senso, os aplicativos podem ser interessantes como auxiliares de tratamentos”, avalia o médico Fabio Cardoso, especialista em medicina preventiva. Um estudo recente da Universidade do Arizona, nos Estados Unidos, e publicado pelo Journal of Nutrition Education and Behavior, dá respaldo à opinião de Cardoso: os pesquisadores concluíram que o uso de um determinado aplicativo que gerenciava o que cada participante comia, além de fazê-lo se lembrar das refeições, ajudou a aumentar de forma considerável a persistência de todos. Eles conseguiam registrar o que consumiam com mais fidelidade em comparação aos que usavam papel e caneta. “O uso do aplicativo contribuiu também para melhorar o controle dos profissionais da saúde envolvidos com esses pacientes”, explica o médico.

É fundamental deixar bem claro que os apps não podem substituir uma consulta ao médico ou ao nutricionista e tampouco a supervisão de um personal trainer. “Os aplicativos estão aí e devem ser utilizados, mas de forma despretensiosa, apenas para saber, por exemplo, quantas calorias foram ingeridas naquele dia ou quantas calorias foram eliminadas com determinada atividade”, ressalta o nutricionista Daniel Percego, diretor da Nutriens Consultoria e Educação, em São Paulo. “Eles não cuidam da saúde do paciente. Isso exige um profissional qualificado e treinado”, alerta.

Apps saudáveis

Confira uma seleção de aplicativos gratuitos disponíveis para iOS e Android

One Health

Pelo aplicativo da One Health, o usuário acessa todas as informações do seu plano de saúde e da rede de credenciados, pode fazer agendamento de exames, chamar o Resgate Saúde, acompanhar o status dos seus reembolsos, entre outras funções. Além disso, o app funciona como uma carteirinha virtual que substitui a impressa e pode ser usado na hora do atendimento em consultórios, clínicas,
hospitais e laboratórios.

Fat Secret

Funciona como um diário alimentar. O usuário registra as atividades físicas que fez e o que comeu (dá para escanear o código de barras dos alimentos industrializados) e o aplicativo indica as calorias que ele pode consumir por dia para emagrecer. Dá para consultar o valor calórico dos pratos de diversos restaurantes e alimentos de várias marcas.

NexTrack

Trata-se de um jogo de fitness. A cada atividade que fizer, o usuário vai ganhando recompensas pelo esforço. São quase 200 modalidades, como dança, corrida, caminhada, ioga, basquete, futebol e até brincar com as crianças ou com o pet. Tudo fica registrado, inclusive quantas vezes na semana a pessoa se exercitou e o tempo que levou a atividade física.

Dieta e Saúde

Este app é baseado na dieta dos pontos, em que cada alimento tem uma pontuação. O usuário registra tudo que come e o aplicativo faz as contas. Assim, dá para ele controlar se comeu demais ou quantos pontos ainda tem para consumir. O app registra a evolução do emagrecimento.

Hydro Beba Água

De acordo com o perfil do usuário, o aplicativo calcula a quantidade de água que deve ingerir ao longo do dia. Vai-se registrando quanto bebe e ele contabiliza. Emite alertas avisando que é o momento de se hidratar.

OH_3_techmed_03EatingWell

São mais de 200 receitas saudáveis, com tempo de preparo que varia de 15 a 45 minutos. Fornece a lista de ingredientes, dicas e informações nutricionais de cada prato. As opções estão divididas por categorias e pode-se buscar pelo ingrediente. Em inglês.

RunKeeper

Este app faz registros de treinos de corrida ou caminhada. Ele armazena os percursos, calcula distância, realiza um histórico de suas atividades e mede seu ritmo cardíaco. É possível usar também quando se anda de bicicleta.

5 Minutos – Eu Medito

Criado pelo movimento Mãos sem Fronteira, o app incentiva a meditação como forma de melhorar a saúde e a qualidade de vida das pessoas. Dá dicas de como meditar corretamente e explica cada exercício e seus benefícios. Pode-se programar quanto tempo se deseja meditar e um alarme avisa quando termina.

Meu Orientador de Dieta

É um aplicativo motivador para quem faz dieta, com dicas para atingir o objetivo. O usuário é incentivado a postar fotos que mostrem a perda de peso e, quando surge aquela vontade de comer algo calórico, é só acessar o botão de pânico para ser convencido a desistir da ideia.

Runtastic Heart Rate

O aplicativo mede a frequência cardíaca em repouso e também após a atividade física para monitorar de forma precisa o sistema cardiovascular. Para fazer a medição, basta encostar o dedo indicador na lente da câmera do celular com o flash acionado.

GliControl

Indicado para quem é diabético. O usuário registra os níveis de glicose e o que comeu e o aplicativo calcula as doses de insulina que precisam ser administradas. Também alerta sobre qual o melhor local para aplicar a injeção e os horários. Os dados viram um gráfico que pode ser enviado por e-mail. Apesar de ser gratuito, para algumas funções é cobrado o valor de US$ 1,99.

Texto: Silvia Regina | Ilustrações: Alex Affonso
Techmed