10 apps para grávidas

Confira aqui 10 aplicativos que vão ajudar você a entender melhor sobre o desenvolvimento do bebê e garantir mais praticidade durante os nove meses de gestação – e além!

Nem parece que, há até pouco tempo, pais de primeira (segunda, terceira…) viagem recorriam a grossas enciclopédias para saber tudo que se passava com o feto e com a mãe durante a gestação. Graças à tecnologia, hoje existe uma quantidade enorme de informação e imagens de alta qualidade à sua disposição ali mesmo no celular, em poucos segundos. E, na maioria das vezes, totalmente de graça. Os aplicativos com foco em gravidez e na vida do recém-nascido têm ajudado muita gente a compreender melhor não só o que se passa na vida intrauterina como também no corpo da mãe e nas emoções de toda a família. De quebra, facilitam o dia a dia, refrescando a memória dos pais sobre diversas coisas, como a lista de compras do enxoval, o que levar para a maternidade, o que perguntar aos médicos, os dados da evolução da gravidez e por aí vai. Vale lembrar que esta moderna tecnologia não pode, de maneira alguma, substituir as consultas com o obstetra durante o pré-natal e, muito menos, em caso de emergência, apenas serve como mais uma fonte de informação e ferramenta prática. Sem falar que ajuda a amenizar a curiosidade dos pais. A seguir, veja dez aplicativos superúteis para esta fase tão bonita e delicada da vida.
1. Hello Mom
Você sai da ultrassonografia ansiosa para mostrar as fotos do bebê para toda a família e amigos? Com este aplicativo, é possível compartilhar as imagens do exame com quem quiser. Basta fazer um álbum com imagens do feto, que pode ser editado e gerenciado facilmente. O app ainda tem outras ferramentas, como diário da gravidez e lembretes de consultas com serviço de alarme – uma ajuda e tanto nesta fase em que é preciso pensar em mil coisas ao mesmo tempo! Enfim, o aplicativo é uma boa maneira de armazenar recordações do seu filho mesmo antes do nascimento. Mas atenção: ele é vinculado a sistemas de ultrassom Samsung Medison, para que seja feita a transferência das imagens e dos dados de crescimento para o celular. Em português. (Gratuito para Android e iOS.)

2. Full Term
Chegou o dia! As tão dolorosas – e importantes – contrações surgem com tudo, anunciando que, em pouco tempo, um bebê estará nos seus braços. O aplicativo Full Term é superprático para ajudar a contar o tempo de duração das contrações e o intervalo entre elas, já que isso é fundamental para saber quando é hora de pegar as malas e seguir para o hospital. Para facilitar este momento, em que se concentrar é extremamente difícil, ele é operado com um simples botão, que deve ser pressionado no começo e no fim de cada contração. O progresso do trabalho de parto fica salvo, não precisa deixar o aplicativo ligado o tempo todo. Dá para editar as informações, caso você tenha cometido algum erro, e, também, especificar a intensidade das contrações. Ainda, é possível enviar todo o histórico por e-mail para quem você quiser, como o médico. Também vale guardar de lembrança. Durante a gravidez, ele também pode ser usado para monitorar o ganho de peso e os chutes do bebê. Aplicativo em inglês. (Gratuito para Android e iOS.)

3. Minha Gravidez Hoje
Este aplicativo do BabyCenter é um dos mais completos. Com ele, você acompanha o progresso semanal do bebê, além de ter dicas diárias sobre alimentação na gravidez, saúde, exercícios, enxoval, maternidade, vida a dois, etc. Conta com vídeos e imagens de alta qualidade que mostram o desenvolvimento do feto. O usuário também tem acesso a inúmeras matérias sobre gestação, amamentação e cuidados com o bebê, dicionário de nomes, espaço para guardar fotos da gravidez, além de fóruns com pais que dividem suas dúvidas. Ao acessar pela primeira vez, basta colocar a data da última menstruação e todo o calendário é automaticamente formado com base na data prevista de parto. Versão em português. (Gratuito para Android e iOS.)

4. Gravidez +
Além de dar informações diárias sobre tudo que se passa com a mãe e o desenvolvimento do feto durante a gestação, o aplicativo Gravidez+ possui um diário para controle de peso, diário pessoal e diário de visitas ao médico. Tudo para facilitar a vida da futura mãe e não deixá-la se esquecer dos cuidados importantes. O aplicativo também conta com lista de compras do enxoval, dicionário com nomes dos bebês, cronômetro de contrações, contador de chutes e ainda pode ser personalizado para outras pessoas da família, como avós, pais e outros. Enfim, é um app bem completo. Em português. (Gratuito para Android e iOS, mas também tem versões pagas.)

5. Alô Mamãe
Imagine receber todos os dias mensagens fofas do seu bebê que ainda está no ventre? Este aplicativo, disponível apenas na Apple Store e desenvolvido pela revista eletrônica Mundo Ovo, traz essas surpresas diárias para as futuras mães, com informações sobre o desenvolvimento do feto dadas de maneira bem-humorada e emocionante. Entre gracinhas, “reclamações” do bebê e declarações de amor, o aplicativo é uma boa ferramenta para ajudar a passar a gravidez de maneira mais leve, com menos ansiedade. Além de toda a originalidade e amor envolvidos, você pode compartilhar os “recadinhos” do seu filho com outras pessoas da família. Em português.(Gratuito para iOS.)

6. Baby Manager – Brestfeeding
Mães de recém-nascido têm um grande desafio pela frente: a amamentação. Apesar de ser um prazer e uma forma ímpar de conexão com o filho, amamentar não é das tarefas mais fáceis. O aplicativo ajuda as novas mães a ter uma ideia precisa do tempo de cada mamada, além de ser muito útil para se lembrar de qual lado o bebê mamou pela última vez, para fazer a alternância. E não é só isso. O app tem outros recursos, como cronômetro de sono, controle de fraldas, algumas dicas de saúde, e você pode anotar tudo que o bebê comeu, depois de feita a introdução alimentar. Vale a pena conferir o aplicativo mesmo antes do nascimento do bebê, para ir se familiarizando. Em inglês. (Gratuito para Android.)

7. Gravidez Sprout
Com tantas preocupações típicas da gravidez, nem sempre a memória trabalha a nosso favor. Por isso, este aplicativo é uma ferramenta e tanto para administrar as tarefas relacionadas a esta fase. Ajuda a armazenar sua famosa listinha de perguntas para o médico e grava as respostas dele, possui imagens de alta qualidade, adaptadas ao sexo do seu bebê, artigos escritos por médicos, informações sobre o recém-nascido e a lista de compras do enxoval. O usuário também conta com cronômetro de chutes e de contrações, controle de peso e diário da gravidez, com possibilidade de armazenar imagens e até compartilhar um arquivo em PDF com família e amigos. Em português. (Gratuito para Android e iOS.)

8. Who’s Your Daddy
Este é um aplicativo escrito por homens para homens. Afinal, os pais também querem participar de todos os detalhes da gestação. O Who’s Your Daddy (“quem é o seu papai”, em português) faz a contagem regressiva para o nascimento do bebê, dá dicas diárias e semanais sobre a gravidez, explicando o que pode acontecer com a mulher (sintomas físicos e emocionais) e, melhor de tudo, sugestões de como o parceiro pode ajudá-la a superar os medos e as inseguranças. Usa uma linguagem bem-humorada, que também é
essencial para aliviar um pouco a ansiedade dos futuros pais. O app está disponível apenas na Apple Store e é em inglês. (Gratuito para iOS.)

9. Baby Ears
Você e seu bebê ainda estão se conhecendo e tudo é mágico, até a hora em que ele abre o berreiro e você não tem a menor ideia do motivo. Fome? Sono? Cólica? Desconforto? Precisa arrotar? Pode ser qualquer coisa! Para ajudar novos pais a reconhecerem o motivo do choro, foi criado este app, disponível apenas para iPhone e iPad. Ele não só vem com o “detector” de choro (que dá somente uma ideia do que pode ser, claro) como também com vídeos que demonstram cinco tipos diferentes de choro, dicas para identificar visualmente as razões do pranto, perguntas e respostas sobre o assunto, entre outras ferramentas. O aplicativo é pago, custa US$ 3,99. (Pago, para iOS.)

10. Voices of Life
A Samsung criou este aplicativo inovador para fortalecer a conexão entre pais e seus bebês prematuros, que precisam ficar por um tempo na incubadora. Com a ajuda de um alto-falante especial da marca, que fica dentro da incubadora no hospital, os pais podem se comunicar com os pequenos e, ainda, reproduzir as batidas do coração da mãe. O som é “abafado”, para dar a sensação de que o bebê ainda está no útero materno e, também, para aliviar os sons dos equipamentos conectados a ele. Sua criação foi baseada em pesquisas que comprovam que os bebês se desenvolvem mais rápido ao ouvir as mães com frequên-cia. Até o fechamento desta matéria, o aplicativo ainda não estava disponível, mas vale a pena ficar de olho.

 

Texto: Veridiana Mercatelli | Ilustrações: Marcela Sabiá
Techmed